A tecnologia móvel na palma da sua mão

12/01/2018
Imagem retirada de http://cio.com.br/idgimages/mobilidade_307397258.jpg
Imagem retirada de http://cio.com.br/idgimages/mobilidade_307397258.jpg

 Nos dias atuais, a tecnologia móvel vem sendo a força motora de transformação dos negócios, pois é capaz de atingir o cotidiano das pessoas e faz parte da vida delas, remodelando as suas rotinas e formas de tomadas de decisões.

Portanto, para medir o desempenho de produtividade faz-se necessário ter a ferramenta certa que possibilite acompanhar periodicamente todo o processo de gestão, ou seja, envolver todos os níveis de gerência e colaboradores necessários, reduzir os custos operacionais desnecessários à operação, elaboração de orçamentos de serviços mais precisos e aprimorar a mão de obra com treinamentos e reciclagens periódicas.

Como insumos cruciais dessa gestão, temos um ciclo de retroalimentação que contém quatro variáveis, sendo elas: métrica, avaliação, planejamento e melhoria contínua. Há uma quinta variável que pode influenciar nesse universo que é o Cliente, que pode influenciar nos resultados esperados tanto para cima como para baixo.

A rentabilidade é a procura incessante por melhores métodos de trabalho e processos de atendimento, com o intuito de obter melhorias com o menor custo possível e é claro, sem deixar de lado o nível de atendimento ao contrato com a qualidade estipulada entre as partes. A lucratividade do contrato é a composição de valores de custos diretos e indiretos, somado à margem esperada do serviço ofertado em relação ao tomador de serviço. Assim, a margem esperada prevista depende essencialmente das saídas orçadas “mão de obra contratada pelo tomador de serviços” mais o retorno de entradas estimadas, prevendo que este seja igual ou superior ao esperado “orçado previsto do contrato”.

Existem vários aspectos que influenciam na lucratividade do contrato, por exemplo: a falta do colaborador, recurso com função superior a contratada, descuido no monitoramento do contrato, o método utilizado na comunicação com o operacional, a própria concorrência, colaborador sem treinamento, desmotivação entre outros, que podem influenciar no resultado esperado.

Na verdade, precisamos estar atentos aos aspectos que influenciam diretamente na lucratividade, gerir eficazmente a operação para podermos assim, aproveitar melhor todos os recursos disponíveis da organização. Devemos também acompanhar a produtividade das áreas com uma solução adequada, e utilizarmos os dados operacionais já existentes e/ou coletar novas informações.

Uma vez coletada, podemos mensurar e comparar com índices equivalentes de outros contratos, períodos anteriores e traçarmos planos de correções e/ou melhorias para potencializar o aumento da lucratividade do contrato, ou seja, por meio dos números analisados nessas comparações, podemos corrigir o número durante a execução do contrato, propondo ações e introduzindo melhorias.

A TOTVS disponibiliza a você cliente uma solução chamada TOTVS Analytics, que proporciona à sua empresa controlar todos os indicadores da sua organização na palma da mão, monitorar e acompanhar a sua área comercial, contratos, operacional e humanas, e por fim, tomar decisões precisas em qualquer lugar e a qualquer hora.

Fonte: BlogTOTVS