Transformação digital na Indústria: a chegada da IIoT e AI

08/10/2018
Imagem retirada de http://www.decisionreport.com.br/industria/transformacao-digital-na-industria-a-chegada-da-iiot-e-ai/#.W7tGQvlRfcc
Imagem retirada de http://www.decisionreport.com.br/industria/transformacao-digital-na-industria-a-chegada-da-iiot-e-ai/#.W7tGQvlRfcc

Sua organização está preparada para colher os benefícios da indústria digital moderna?

A manufatura tem enfrentado muitos desafios, incluindo custos operacionais crescentes, ineficiências operacionais, orçamentos reduzidos e a necessidade de lançar produtos com mais rapidez. Tecnologias digitais como a Inteligência Artificial (AI), nuvem e analytics podem permitir que os fabricantes se diferenciem com o aumento da produtividade e a redução do risco operacional, melhorando, assim, a qualidade do produto e a satisfação do cliente.

No entanto, muitos processos de negócios no ambiente de produção atual geralmente estão cheios de lacunas de informações e muitas organizações de grande porte encontram-se paralisadas por antigas arquiteturas de TI ou sistemas legados, com a sua incapacidade de gerenciar corretamente os processos de fabricação, que envolvem vários conjuntos de dados entre o chão-de-fábrica e o back office.

Um check list de preparação para a Internet Industrial das coisas (IIoT) e AI pode ajudar a avaliar a capacidade de sua organização para suportar a fábrica do futuro.
 
Os processos estão baseados em papel?

Você pode se surpreender com o fato de que algo tão complexo quanto terceirizar componentes de vários fornecedores e fábricas do próprio grupo, incluindo produtos com longos prazos de entrega, ainda esteja sendo controlado usando Excel. No entanto, contar com processos em papel impedirá a capacidade de sintetizar informações de várias fontes de dados e calcular, comunicar e comparar os principais indicadores de desempenho (KPIs) para melhorar continuamente a produtividade.

Existem processos manuais que podem se beneficiar da automação?

Em muitos casos, os fabricantes ainda contam com processos manuais para controle de qualidade e auditoria para medir a conformidade com as regulamentações. A automação é essencial, não apenas para economizar horas de mão-de-obra e reduzir os defeitos do produto, mas também para fornecer a flexibilidade necessária para ajustar-se à rápida taxa de mudanças nos regulamentos e requisitos de novos produtos.

Você tem uma visão completa em tempo real das operações de chão de fábrica para pré e pós-produção?

Muitos fabricantes sofrem de muitas ineficiências operacionais, como atrasos, falsas partidas e retrabalho, que podem ser evitadas usando dados em tempo real para tomar melhores decisões. Ao usar a IoT para coletar automaticamente dados operacionais e inteligência artificial para analisar os resultados, os fabricantes podem melhorar a precisão das decisões em tempo real e minimizar os riscos.
 
Os sistemas estão integrados, de ponta a ponta, incluindo ERP, CRM, MES etc., para aumentar a produtividade?

Para se garantir a fábrica do futuro é necessário que haja um ambiente de produção no qual os sistemas de chão de fábrica e de back office possam se comunicar facilmente e oferecer acesso em tempo real a dados críticos em qualquer lugar da cadeia de suprimentos em qualquer sistema. Um fluxo constante de dados de desempenho e produção precisa ser coletado, armazenado, analisado e compartilhado de forma eficiente, confiável e segura. Quando os sistemas podem se comunicar perfeitamente, um processo de ponta a ponta pode ser otimizado. Por exemplo, quando os sistemas MES e ERP estão totalmente integrados e há um problema de equipamento, as peças de reposição ser solicitadas e um tíquete de serviço para um técnico qualificado pode ser gerado automaticamente.

Você criou novos modelos de negócios com base em suas atividades de transformação digital?

Existem muitos novos processos de negócios que são criados devido a maneiras aprimoradas de coletar, compartilhar e analisar dados de produção. Por exemplo, as operações podem ser monitoradas e até mesmo controladas remotamente. Diferentes processos ou departamentos operando em silos podem colaborar melhor para criar mais eficiência e valor. As empresas de bens de consumo podem detectar e reduzir o roubo ao rastrear produtos em toda a cadeia de fornecimento. Com o advento da IIoT e da AI, existem inúmeras novas maneiras de usar as operações conectadas para criar diferenciação e vantagem, mas antes que a tecnologia possa ser implementada, os novos processos de negócios precisam ser identificados e analisados. Esta é uma oportunidade para que as empresas levem seus negócios para o próximo nível, fornecendo novos fluxos de receita, oportunidades de produção de valor e crescimento – para se diferenciar de seus concorrentes.

Você está utilizando totalmente os dados ou está preso em um oceano de dados?

Para muitos gerentes de fábrica, o aumento nos dados como resultado da IIoT apenas cria mais e mais trabalho. A implantação de sensores para monitorar máquinas e produtos oferece vastas oportunidades para coleta automatizada de dados operacionais e de cadeia de suprimentos.

De acordo com uma pesquisa recente, “80% ou mais dos sistemas de produção têm equipamentos legados que nunca foram projetados para se comunicar além do chão de fábrica.” Impulsionados pela necessidade de acesso em tempo real a dados críticos de várias fontes de dados, bem como colaboração em toda a cadeia de fornecimento, mais e mais aplicativos de software de produção estão migrando para a nuvem e usando análise avançada e preditiva para melhor inteligência operacional. Isso inclui o processamento de dados de várias fontes de dados, o que permite a identificação de falhas e eventos inesperados, decisões mais precisas em tempo real, redução do risco operacional e uma melhor compreensão do comportamento do cliente.

 
Você ainda está confiando em conexões codificadas entre sistemas?

As integrações manuais de sistemas podem ser mais eficientes no uso de recursos no início, uma vez que os projetos têm escopo limitado e, geralmente, recursos internos podem ser usados. Mas, com o tempo, esses projetos podem se multiplicar rapidamente e se tornarem mais difíceis à medida que mais e mais sistemas se tornam parte da rede de informações de um fabricante. Uma solução mais prática e eficiente de recursos pode ser a adoção de uma plataforma de software de terceiros capaz de fornecer escalabilidade e comprovada manipulação unificada de dados para todos os sistemas integrados.

As vantagens da AI e da IoT só aumentarão à medida que a tecnologia amadurecer e mais casos de uso forem desenvolvidos. No entanto, antes que tecnologias avançadas possam ser implementadas, os processos precisam ser automatizados e os sistemas precisam ser conectados. Dito isso, para colher os benefícios da era da manufatura digital moderna, novos processos de negócios que podem se beneficiar de informações compartilhadas precisam ser identificados e analisados. Depois que os processos de negócios relevantes são digitalizados, uma infraestrutura de TI para compartilhamento e análise de dados de produção pode alimentar a fábrica do futuro. A ruptura digital está acontecendo agora.

Fonte: Decision Report